AngaOS / Tipos de Círculos 

Círculo Geral

É o Supercírculo de Anga, formado por todos os seus integrantes.

Como seu domínio é todo Anga, todos os círculos fazem parte dele e seus acordos afetam todas as pessoas. Só existe um Círculo Geral em Anga, e outros não podem ser criados.

Descrição Especializada

Participantes: todas as pessoas que entram para Anga passam a ser integrantes do círculo geral. Além disso, os papéis sistêmicos: Coordenador(a), Guardiã(o), Representante e Facilitador(a).

Círculo Conselho

Está necessariamente ligado ao círculo geral ou a um círculo empresa e é formado pelos representantes legais do Anga ou da empresa (sócios ou acionistas) e existe para tratar de decisões que requerem participação acionária, como fusões e aquisições, decisões legais ou investimentos de longo prazo.

Descrição Especializada

Participantes: todas as pessoas que estão no contrato social participam do círculo conselho.

Círculo Empresa

São os círculos que interagem com o meio externo, entregando produtos ou serviços e gerando retorno financeiro para Anga. Sua criação envolve decisões não apenas da governança que contém o círculo empresa, mas do círculo conselho que o contém, por conta do efeito causado na estrutura societária.

Descrição Especializada

Indicadores chave: Faturamento, Lucro Líquido e Bem-estar.

Círculo de Suporte

São círculos que existem para "terceirizar" os serviços exigidos por dois ou mais círculos. No geral, cumprem funções internas necessárias para o funcionamento de Anga e suas empresas (ex: finanças).

Descrição Especializada

Indicadores chave: Bem-estar.

Círculo de Governança

Quando um círculo passa a ter muitos membros, torna-se inviável realizar uma Reunião de Governança eficiente, por conta do excesso de participantes. Nessa situação, pode-se criar um Círculo de Governança dentro dele para tomar decisões as decisões que afetam todos do círculo, com um número reduzido de pessoas.

Descrição Especializada

Participantes: papéis sistêmicos do círculo (coordenador(a), guardiã(o) e facilitador(a)), coordenadores de subcírculos do círculo maior e representantes selecionados por cada subcírculo.

Círculo de Encontro

Existe para trocar práticas e experiências relevantes entre os participantes e promover um espaço de confiança entre todos. Também pode submeter tensões e propostas para governança, de questões reconhecidas como importantes pelo círculo.

Descrição Especializada

Participantes: pessoas em diferentes círculos que possuem interesses comuns.

Responsabilidades chave:

  • Promover trocas de práticas e experiências relevantes e construir um espaço de confiança entre todos os participantes

  • Avançar em questões estratégicas sobre a temática do círculo de encontro que afetam o círculo do qual o círculo de encontro faz parte como um todo, por meio de ações operacionais ou da submissão de propostas para a governança do supercírculo.

Domínios e restrições de domínio:

  • Participação em Governança: não tem, a priori, participação nas decisões de governança do supercírculo, a menos que tenha acordo específico definindo isso. Mas pode estar nas reuniões de governança para apresentar propostas.

Círculo de Comitê

Existe para trocar práticas e experiências relevantes para que sejam levadas para o círculo de origem dos participantes, e avançar em questões estratégicas que afetam o círculo do qual o comitê faz parte como um todo, por meio de ações operacionais ou da submissão de propostas para governança do círculo.

Descrição Especializada

Participantes: pessoas em diferentes círculos que ocupam papéis com responsabilidades semelhantes.

Responsabilidades chave:

  • Trocar práticas e experiências relevantes para que sejam levadas para o círculo de origem dos participantes

  • Avançar em questões estratégicas que afetam o círculo do qual o comitê faz parte como um todo, por meio de ações operacionais ou da submissão de propostas para a governança do supercírculo.

Domínios e restrições de domínio:

  • Participação em Governança: não tem, a priori, participação nas decisões de governança do supercírculo, a menos que tenha acordo específico definindo isso. Mas pode estar nas reuniões de governança para apresentar propostas.

Novos tipos de círculos especializados

Um círculo pode criar, via acordo, novos tipos de círculos especializados no seu domínio. Para tal, tem que definir no acordo quais são as descrições desse círculo especializado, e se aplicável, a forma como esse tipo de círculo é criado, caso tenha uma especificidade (por exemplo: para criar um círculo projeto em uma empresa pode-se definir no acordo que não é necessário tomar uma decisão de governança).